Nova máquina tem como conceito trabalhar o ano todo nas operações da cultura cafeeira (colheita, pulverização e poda) em espaçamentos tradicionais e adensados, oferecendo ao produtor maior competitividade.

Jacto lança nova colhedora K 3500.

 

A Jacto lançou oficialmente na Agrishow 2015 a K 3500, uma máquina de múltiplo uso desenvolvida para trabalhar durante todo o ano realizando as operações de colheita, pulverização e poda.

 

Após 36 anos do lançamento da primeira colhedora de café do mundo, que possibilitou a mecanização da cultura, a Jacto, seguindo seu pioneirismo, inova novamente e apresenta a nova máquina.

 

O equipamento é um veículo automotriz no qual é possível acoplar individualmente os sistemas de colheita, pulverização, poda e outros que poderão ser desenvolvidos. Ao se encerrar o ciclo de colheita, o produtor poderá trocar o sistema de colheita pelo sistema de pulverização, por exemplo. A K 3500 foi desenvolvida para trabalhar em plantios tradicionais e também nos plantios adensados com até 2,50 metros entre linhas, garantindo o trabalho do equipamento durante todo o ano”, explica Valdir Martins, diretor comercial da Jacto.

MAIOR EFICIÊNCIA OPERACIONAL SEM

INTERRUPÇÕES

Possui 2 reservatórios de 1.500 litros de

capacidade e descarga do café sem interrupção

da colheita, que proporcionam maior rendimento

operacional e menor dependência do conjunto

trator e carreta durante o processo de colheita

ECONOMIA E FORÇA NA MEDIDA CERTA

Com motor diesel governado eletronicamente

e sistema hidráulico de colheita integrados, a

potência é disponibilizada conforme a

necessidade das operações, evitando o

desperdício de combustível, reduzindo custos

e preservando o meio ambiente.

MAIOR VELOCIDADE DE AJUSTE E BAIXO

ÍNDICE DE PERDAS

O novo sistema derriçador permite alterar as

massas do oscilador e ajustar a abertura e

fechamento através de acionamento hidráulico.

Juntamente com o baixo recolhedor,

proporciona alta eficiência de derriça e baixo

índice de perdas, em lavouras novas e adultas,

preservando a planta e a qualidade do café.

MANOBRAS RÁPIDAS E SEGURAS

O novo sistema de direção associado à transmissão

hidrostática 4x4 Full Traction, proporcionam

manobras rápidas e seguras, com menor raio de giro.

FÁCIL OPERAÇÃO E CONTROLES AUTOMÁTICOS

As funções operacionais são integradas e

controladas automaticamente, podendo ser

facilmente pré-definidas a partir do display touch

screen presente na cabine.

A nova Jacto K 3500 foi desenvolvida com 2 reservatórios

de café com capacidade efetiva total de 3.000 litros, que

proporcionam maior rendimento à colhedora e aumentam

sua eficiência operacional.

Com o novo sistema desenvolvido pela Jacto para a

K 3500, não é necessário que a operação de colheita

seja interrompida para efetuar a descarga do café

armazenado. Essa solução proporciona redução de

tratores e carretas que acompanhariam a colheita.

Sensores monitoram os reservatórios e no display

é exibido o volume de café colhido, quando seu

reservatório está cheio, o trator se aproxima iniciando a

operação de descarga e a máquina continua colhendo

simultâneamente.

O ângulo de trabalho do transportador de descarga pode

variar de 0 a 90º, adaptando-se perfeitamente aos

diferentes espaçamentos entre linhas das lavouras.